• O Antagônico

A Cadeia de Itaituba. O Natal. A Liberação do Preso. Os Diretores. O Afastamento e o PAD

Atualizado: 8 de fev.



De uma canetada só, o Corregedor-Geral Penitenciário do Pará, Renato Nunes Valle, afastou toda a direção da cadeia pública de Itaituba, no oeste paraense. A Portaria foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira, 07. Foram afastados dos cargos o sargento PM Raimundo Pedro Dávila Pereira, diretor do presídio, Alnecy Melo Lopes, coordenadora administrativa, e um terceiro servidor, de iniciais S.S.O. coordenador de segurança. Todos são indicação do prefeito de Itaituba, Valmir Climaco e do deputado estadual Hilton Aguiar. Diga-se de passagem que o sargento Raimundo Pedro não possui formação e qualificação para tal cargo. Pelo visto, Hilton e Valmir não estão com muita moral no governo. O corregedor determinou a instauração de Processo Administrativo Disciplinar, PAD, objetivando apurar responsabilidade administrativa e funcional dos servidores, todos lotados no Centro de Recuperação Regional de Itaituba-CRRI, referente a liberação indevida do preso Lindomar Gouveia de Araújo, no dia 24 de dezembro de 2021, na véspera de natal, sendo apenas informado aos setores competentes no dia 06 de janeiro de 2022. 


Para comandar os trabalhos do PAD foram constituídos os servidores Bruno Costa Pinheiro de Sousa, Jaymerson Carlos Pereira Marques e Elizabeth Malcher Vilhena. 

575 visualizações0 comentário