• O Antagônico

A Comarca de Ourilândia. Os Servidores. A Corregedoria e o Arquivamento



A desembargadora Rosileide Maria da Costa Cunha, Corregedora-Geral de Justiça do TJE do Pará arquivou uma sindicância investigativa contra os servidores da comarca de Ourilândia do Norte. Na decisão, a corregedora acolheu o relatório final apresentado pela Comissão Sindicante que constatou que, de fato, havia um caos no Fórum da Comarca de Ourilândia do Norte gerado por uma sequência de erros de gestão, falta de capacitação dos servidores e pela deficiência de infraestrutura, incluindo a carência de servidores. O relatório apontou que a situação melhorou após o afastamento do magistrado titular e a adoção de novos métodos administrativos, sendo que não restou identificado que o referido caos tenha ocorrido por culpa ou dolo de qualquer servidor da comarca.


136 visualizações0 comentário