• O Antagônico

A Cosanpa. A Servpred. Os Novos Aditivos e os Contratos de R$ 20 Milhões



Enquanto a gestão Helder Barbalho faz a versão Silvio Santos distribuindo dinheiro e comprando votos por todo o Pará, na Cosanpa não tem pra ninguém: só dá a empresa Servpred. Explica-se: esta semana, a Imprensa Oficial do Estado publicou mais uma rodada de aditivos milionários concedidos em contratos com a empresa. No primeiro, no contrato 11/2021, o valor passou de R$ 10.079.675,41 (dez milhões e setenta e nove mil e seiscentos e setenta e cinco reais e quarenta e um centavos), para R$ 11.284.919,50 (onze milhões e duzentos e oitenta e quatro mil e novecentos e dezenove reais e cinquenta centavos), representando um aumento na ordem de 11,957172% em relação ao valor inicial do Contrato.


Já no contrato n.º 04/2018. a Servpred Serviços Predial e Ambiental Ltda, foi blindada generosamente com o 11º Termo Aditivo, saltando o valor de R$ 896.406,41 (oitocentos e noventa e seis mil e quatrocentos e seis reais e quarenta e um centavos), para R$ 944.794,73 (novecentos e quarenta e quatro mil e setecentos e noventa e quatro reais e setenta e três centavos), representando um aumento na ordem de 5,398034% em relação ao valor inicial do contrato, referente ao período de 2020.


O terceiro foi de R$ 944.794,73 (novecentos e quarenta e quatro mil e setecentos e noventa e quatro reais e setenta e três centavos), para R$ 1.040.543,38 (Hum milhão e quarenta mil e quinhentos e quarenta e três reais e trinta e oito centavos), representando um aumento na ordem de 10,134334% em relação ao valor inicial do contrato, referente ao período de 2021. Calma que ainda não acabou: no contrato n 05/2018, os valores pularam de R$ 2.212.025,90 (dois milhões e duzentos e doze mil e vinte e cinco reais e novena centavos), para R$ 2.331.431,80 (dois milhões e trezentos e trinta e um mil e quatrocentos e trinta e um reais e oitenta centavos), representando um aumento na ordem de 5,398034% em relação ao valor inicial do Contrato, referente ao período de 2020.


E ainda tem mais. O contrato n.º 04/2019, foi de R$ 2.664.671,17 (dois milhões seiscentos e sessenta e quatro mil e seiscentos e setenta e um reais e dezessete centavos), para R$ 2.752.933,22 (dois milhões e setecentos e cinquenta e dois mil e novecentos e trinta e três reais e vinte e dois centavos), representando um aumento na ordem de 3,312305% em relação ao valor inicial do Contrato, referente ao período de 2019/2020.


E ainda falta um. O contrato n.º 55/2020, que saltou de R$ 1.448.073,52 (Hum milhão e quatrocentos e quarenta e oito mil e setenta e três reais e cinquenta e dois centavos), para R$ 1.604.220,46 (Hum milhão e seiscentos e quatro mil e duzentos e vinte reais e quarenta e seis centavos), representando um aumento de 10,783081% em relação ao valor inicial do Contrato. Tudo com as bênçãos do De Angelis !! É o dinheiro público escorrendo pelo ralo!!

243 visualizações0 comentário