• O Antagônico

A Defensoria Pública e a Extinção das Unidades


De uma só tacada a Defensoria Pública do Estado do Pará extinguiu as unidades de Ourém, Peixe-Boi, Monte Dourado, Faro e Terra Santa. Os motivos são inúmeros. Entre eles, o fato da Defensoria ter na ativa 28 Defensores, com mais de 35 anos de ingresso no serviço público, aptos a pedirem a aposentadoria a qualquer momento; e também, em relação ao último Concurso Público, a evasão dos aprovados, decorrente do fato que outras carreiras são financeiramente mais atrativas. Para termos uma vaga ideia, a título de exemplo, no IV Concurso para Defensor Público, 42% dos aprovados não tomaram posse.

255 visualizações0 comentário