• O Antagônico

A Emater. O Balcão de Negócios. Os Áudios. Os Vídeos e o Escândalo



Um balcão de negócios. É o que se tornou a Emater no Pará. A exoneração, a pedido, do advogado Keimenson Nascimento, revela a bomba que foi parar no Ministério Público do Pará. Uma fonte revelou a O Antagônico que Keimeson procurou o presidente do Republicanos, Evandro Garla, narrando ao mesmo uma série de fraudes em convênios e contratos, suprimentos de fundos ilegais e pagamentos de propina que estariam ocorrendo dentro da Emater, cuja pasta é cota do partido na gestão Helder Barbalho. O esquema seria orquestrado e comandado por Rosival Possidonio e Paulo Lobato e já existiria desde 2015, quando ambos atuavam na diretoria técnica da instituição.


Com Rosival e Lobato alternando a presidência as irregularidades só aumentaram. Um dossiê com áudios e vídeos, chegou as mãos de Keimeson, narrando, de forma pormenorizada, inúmeras fraudes nos contratos e convênios estaduais e federais, desvio de combustível e até mesmo irregularidades no uso dos celulares corporativos.


Apesar da gravidade das denúncias, Evandro Garla não moveu uma unha para apurar as mesmas. Isso porque, conforme alardeia Possidonio nos quatro cantos da Emater, quem manda na instituição é seu padrinho Vavá Martins. E aí tem um detalhe interessante: no interior a Emater pede voto para Giovane Queiros, “furando o olho” do Vavá. Se o promotor que recebeu a denúncia fizer o dever de casa e levar a cabo a investigação, não restará pedra sob pedra na Emater !! Aguardemos !!

1.529 visualizações0 comentário