• O Antagônico

A Gerente da Cadeia e O Inquérito. O Cargo e A Investigação


A Promotoria de Justiça da Defesa da Probidade Administrativa e Tutela das Fundações e Entidades de Interesse Social de Marabá instaurou um Inquérito Civil para apurar suposta prática de atos de improbidade administrativa por Samyra Nascimento Beliche, Gerente de Segurança da Unidade Prisional Centro de Reeducação Feminino em Marabá. A servidora é acusada de usar o cargo público para obter vantagens pessoais “em detrimento da dignidade da função, aplicação irregular de dinheiro público”.

49 visualizações0 comentário