• O Antagônico

A Morte do Duda. A Comemoração da Médica, As Redes Sociais e o Linchamento



A Médica Raijane Martins Barbosa Loras, ex-diretora do Hospital Geral de Parauapebas virou, da noite para o dia, persona non grata em Parauapebas. Explica-se: Ela usou as redes sociais para fazer um comentário sobre a morte do empresário Fernando Souza, conhecido por “Duda” que morreu em um acidente de carro na rodovia PA-275, no último domingo (31).


Em áudio gravado a médica frisa que “Duda” era muito problemático e que prejudicou muita gente. “A família está chorando. Deve ser de alívio”. Disse Raijane se mostrando feliz pela morte do Empresário, pontuando que iria comemorar a morte abrindo um champanhe. As declarações da médica causaram repúdio e revolta dos familiares e muita repercussão nas redes sociais, além, é claro, de ferir o código de Ética Médico. Apesar de ter apagado o comentário de suas redes sociais, a médica não escapou do linchamento virtual. Bateu e levou !!!

273 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo