• O Antagônico

A Prefeitura de Belém. Os Prestadores. O Edmilson. As Pedaladas e o Calote



O Ministério Público precisa se posicionar sobre as pedaladas indecentes do prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, que sistematicamente vem deixando de repassar valores oriundos do Governo Federal às clínicas de diálise que prestam serviço para a prefeitura.


Por força de Lei, o município obrigatoriamente tem que repassar os valores, no máximo até cinco dias depois do recurso cair na conta da prefeitura. Mas, porém, contudo, na gestão de Edmilson o repasse demora mais de 30 dias, ou seja, um flagrante desrespeito com as empresas terceirizadas, que precisam dos recursos para manter os serviços.


E a coisa só piora, uma vez que a prefeitura já está estendendo o calote para outros setores que prestam serviços a municipalidade. É a volta do antigo bordão : “Cidade criança. Prefeito moleque”.


346 visualizações0 comentário