• O Antagônico

A Reclamação de Ananindeua. A Corregedoria Penitenciária. A Defensoria e o Trabalho Remoto.


A Juíza de Ananindeua, o Oficial de Justiça e a Reclamação


A Corregedoria de Justiça do TJE do Pará, acatando uma reclamação disciplinar da Juíza de Ananindeua, Haila Haase de Miranda, determinou a instauração de Sindicância Administrativa em desfavor do oficial de justiça Anderson Gomes Rocha, que estava lotado em Ananindeua e foi transferido para a comarca de Parauapebas.


Os Servidores no Portão, A Corregedoria Penitenciária e o Processo Administrativo


A Corregedoria Penitenciária do Pará instaurou Processo Administrativo Disciplinar para apurar responsabilidade administrativa e funcional dos servidores Marcio Roberto Soares Colares e Raphael de Sousa Wanghon, lotados no Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura, em Santarém, acerca da suposta conduta funcional inadequada dos servidores, que relata que estavam no portão avançado impedindo a entrada de pessoas no Complexo Penitenciário de Santarém, bem como a saída de viaturas, sob o pretexto de organizarem uma diminuição de movimentação carcerária interna e externa em repúdio a reivindicações.


A Defensoria, A Portaria e o Trabalho Remoto


A Defensoria Pública do Pará suspendeu, excepcionalmente, até o dia 04 de abril de 2021, as atividades presenciais nos núcleos e unidades da Defensoria Pública na Região Metropolitana de Belém (Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Bárbara), adotando-se as mesmas disposições relativas ao bandeiramento preto (lockdown), com o expediente sendo desempenhado exclusivamente por meio de trabalho remoto.

161 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo