• O Antagônico

A Rosana Barleta. O Sandro Rogério. As Fraudes na Alepa. O Retorno e a Pizza



Na ALEPA, aos poucos, tudo está voltando a ser, como Dantes, no Quartel de Abrantes. Vejam só !! O Diário Oficial da última quinta-feira, 08, traz uma pizza quentinha: Uma portaria determinado o imediato retorno dos servidores Rosana Cristina Barleta e Sandro Rogério Nogueira a ALEPA. Para quem não se lembra, a dupla foi denunciada pelo Ministério Público do Pará, por participação em um escandaloso esquema de corrupção da Assembleia Legislativa do Pará.


Barleta era funcionária do órgão desde 1984, e atuava no departamento financeiro durante o período compreendido entre 2007 e 2010 quando, segundo o Ministério Público, R$ 120 milhões foram desviados dos cofres públicos em fraudes de licitações. Já Sandro Rogério foi preso em junho de 2011, por ordem do juiz Pedro Sotero, que respondia pela da Vara de Inquéritos e Medidas Cautelares, acusado de participação direta na contratação de funcionários 'fantasmas' e de fraudes em licitações.


À época, a preventiva de Sandro Rogério, então integrante da comissão de licitação da Alepa, José Carlos - sócio da Croc Tapioca - e Sérgio Duboc - ex-diretor do Detran - foi requerida em virtude dos investigados terem cometido crime de falsificação de documentos públicos, corrupção e outras fraudes. Além disso, ficou comprovado, após apreensão de um gravador digital na residência de José Carlos, que havia um conluio entre os três para tentar ludibriar as investigações, combinando depoimentos.


Nas gravações, Sandro Rogério diz a José Carlos como esse deve proceder nos depoimentos e propõe que este último assuma a culpa, dizendo que exercia influência junto às empresas concorrentes e, por isso, vencia as licitações. Em troca, o grupo responsável pelas fraudes pagaria os custos do advogado de José Carlos. Segundo o Ministério Público, durante a gestão de Domingos Juvenil (de 2007 a 2010), os cofres públicos do Estado tiveram um rombo que variava entre R$ 800 e R$ 1 milhão por mês.

499 visualizações0 comentário