• O Antagônico

A Secretaria da Pesca. O Irmão do Eder Mauro. A Exoneração e o Barulho



Em briga de saci, qualquer chute é voadora !!! O Secretário Nacional de Pesca do Pará, Amaurivaldo Cardoso Barra, irmão do deputado federal Eder Mauro, foi exonerado do cargo pelo ministro da Agricultura. A Portaria com a exoneração foi publicada nesta segunda-feira, 21.


De acordo com o ministério, cinco trabalhadores da Superintendência Federal de Agricultura no Pará foram detectados em possíveis irregularidades no Seguro-Desemprego do Pescador Artesanal (Seguro Defeso). Tais irregularidades foram alvo da Operação Tarrafa, deflagrada pela Polícia Federal no dia 17 de março, para investigar uma organização criminosa responsável por fraudes milionárias no Seguro Defeso.


Segundo apurou a reportagem de O Antagônico, o Ministério afastou dois servidores de carreira para uma investigação preliminar. Outros dois funcionários, entre eles Amaurivaldo Cardoso Barra, foram exonerados e também estão sendo investigados de forma preliminar.


Na Operação Tarrafa, deflagrada pela PF, ao menos 26 pessoas foram presas no Pará e mais 11 estados. A estimativa é que o grupo criminoso tenha desviado aproximadamente R$1,5 bilhão em pagamentos de benefícios a solicitantes de 1.340 municípios brasileiros. A exoneração do irmão do parlamentar, que é do PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, gerou muito barulho nas redes sociais e no meio político paraense. O Antagônico aguarda posicionamento do deputado Eder Mauro.

535 visualizações1 comentário