• O Antagônico

A Sede do MP. A Nopragás. O Elevador. A Morte do Funcionário e a Investigação



O Ministério Público do Pará instaurou uma Sindicância Investigativa objetivando o esclarecimento dos fatos e a apuração de indícios da existência de infração administrativa e de eventual autoria no caso envolvendo o acidente de trabalho ocorrido no Edifício-Sede do MP, por volta das 12h do último sábado, 27, que vitimou o funcionário prestador de serviços Christian Leal Brito, da empresa Nopragás Controle Ambiental Ltda, durante execução de serviços referente ao Contrato no 068/2020-MP/PA, que tem por objeto a higienização e desinfecção dos reservatórios prediais de água destinada ao consumo humano. Cristiano Brito, 30 anos, tralhava na manutenção do local fazendo dedetização quando foi atingido por um elevador. A vítima trabalhava na empresa de higienização e controle de pragas havia três anos e era a primeira vez que atuava na sede do MPPA. Ao determinar a abertura de investigação a Subprocuradora-Geral de Justiça Ubiragilda Silva Pimentel considerou vários fatores, dentre eles a investigação policial em andamento e a necessidade de investigação administrativa a respeito das circunstâncias dos fatos que culminaram no falecimento do funcionário da empresa, bem como de perquirir a existência de indícios de conduta irregular imputada a servidor público do Ministério Público que tenha de alguma forma contribuído para a ocorrência.


Como membros da comissão sindicante, cujos trabalhos tem 30 dias para conclusão, a Sub procuradora geral nomeou os servidores Carlos Vinicius Reis dos Santos, Joel Carlos de Oliveira Assunção e Rodrigo Rosa de Souza. Em outro giro, o procurador geral de justiça, Cesar Mattar, designou Acenildo Ribeiro Silva, 1o Promotor de Justiça de Controle Externo da Atividade Policial e da Tutela Coletiva da Segurança Pública de Belém, para acompanhar as investigações e consequentemente atuar no Inquérito Policia instaurado a partir do Boletim de Ocorrência que visa esclarecer os fatos.

328 visualizações0 comentário