• O Antagônico

A Seduc. O Vale Alimentação. O Aditivo e os R$ 19 Milhões



A Secretária de Educação do Pará, Elieth de Fátima da Silva Braga, aquela que está sendo investigada pela Polícia Federal, deu o sinal verde e sacramentou contrato, no valor de R$ 16.740.720,32. (dezesseis milhões, setecentos e quarenta mil, setecentos e vinte reais e trinta e dois centavos), com a empresa Maxxcard Administradora de Cartões Ltda, para Administração, Gerenciamento, Emissão, Distribuição e Fornecimento de Vale Alimentação, que possibilitem a Aquisição de Gêneros Alimentícios, para atender aos Alunos da Rede Estadual de Ensino. De quebra, a secretária aditou um contrato com a mesma empresa, visando o acréscimo de serviços no valor de R$ 3.493.601,36 (três milhões, quatrocentos e noventa e três mil, seiscentos e um reais e trinta e seis centavos), aproximadamente 17,07% do valor do contrato original, referente aos Lotes 01 (Araguaia), 02 (Baixo Amazonas), 03 (Carajás), 05 (Guamá), 06 (Lago do Tucuruí, 07 (Marajó) e 08 (Rio Caeté).

139 visualizações0 comentário