• O Antagônico

A SESPA. A Pró-Saúde. O Hospital do Baixo Amazonas e o Aditivo

Atualizado: Set 18



A Sespa, sempre ela, assinou o 31º Termo Aditivo ao contrato de gestão, firmado com a Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar - PRO SAUDE, para implantação de programa Pós Covid no Hospital Público do Baixo Amazonas, para realização de estimados 1.200 (um mil e duzentos) atendimentos por mês, durante seis meses, caso a vigência do Contrato de Gestão no 023/ SESPA/2014 seja prorrogada. No caso de não prorrogação, o termo aditivo valerá até o dia 07 de novembro de 2021 e não por seis meses. E em seguida vem a facada !! Para execução do objeto do Termo Aditivo, será necessária a inclusão de valores de custeio além dos previstos no contrato de gestão, na importância mensal de R$ 148.429,70 (cento e quarenta oito mil, quatrocentos e vinte e nove reais e setenta centavos). O valor total do custeio é de R$ 890.578,20 (oitocentos e noventa mil quinhentos e setenta e oito reais e vinte centavos) em 6 parcelas de R$ 148.429,70 (cento e quarenta oito mil, quatrocentos e vinte e nove reais e setenta centavos).

265 visualizações0 comentário