• O Antagônico

Altamira, O Procurador e a Greycy Kelly. O Sogro, A Empresa, O Carro e o Celular


A Desembargadora Ezilda Pastana Mutran concedeu em parte uma tutela requerida pelo advogado Diego Renato Barbosa da Silva, para afastar a possibilidade de bloqueio dos valores tidos como impenhoráveis, oriundos de remuneração mensal, assim como, dispor que a ordem de quebra de sigilo fiscal e bancário dele incida a partir de 01 de julho de 2017. Diego recorreu contra uma decisão do Juízo da 3ª Vara Cível e Empresarial de Altamira ,que, com base nas conclusões de um Inquérito Civil Público, apura atos de improbidade administrativa ocorrida no âmbito das licitações, contratações e pagamentos realizados pela prefeitura de Altamira em benefício da empresa Arapujá Construções e Serviços Ltda.

De acordo com o MP “a empresa Arapujá Construções e seu sócio administrador, Esmeraldo Gomes da Costa, servem de “laranjas” ao prefeito, Domingos Juvenil, em antigo e substancioso esquema de desvio de verbas”. Sustenta que a empresa é apenas de fachada, sem a estrutura material e humana suficientes à prestação dos serviços, criada no início dos anos 2000 para desviar verbas públicas durante os vários mandatos do atual Prefeito Domingos Juvenil, e que já culminou no desvio de milhões dos cofres públicos, nos últimos 20 (vinte) anos, mediante contratações fraudadas. Segundo o ex-procurador, sua vinculação à Ação de Improbidade se deu unicamente em razão de ter elaborado um parecer jurídico, na qualidade de Procurador Municipal, sendo citado apenas como sendo (ex) namorado de Greycy Kelle, titular de 25% do capital social da empresa, e filha de Esmeraldo, sócio administrador da empresa. Mesmo assim, teve o montante de R$15.079,95 (quinze mil e setenta e nove reais e noventa e cinco centavos) bloqueado em sua conta poupança, assim como, apreendidos seu veículo e aparelho celular.


O juiz de Altamira deferiu o pedido de indisponibilidade de bens e valores dos envolvidos: Domingos Juvenil Nunes de Sousa; Esmeraldo Gomes da Costa; Greycy Kelle Gonçalves Gomes; Diego Renato Barbosa da Silva; José de Arimatéia Alves Batista; Pedro Luiz Barbosa; Manoel dos Reis Palheta de Sousa e Arapujá Construções e Serviços LTDA, até o montante de R$ 33.057.347,40 (trinta e três milhões cinquenta e sete mil trezentos e quarenta e sete reais e quarenta centavos).

161 visualizações0 comentário