• O Antagônico

Ananindeua. O Demutran. O Diretor e o Irmão. A Rádio Táxi e a Propina



O promotor de justiça de Ananindeua, Júlio César Sousa Costa, resolveu desenterrar um cadáver insepulto da administração do tucano Manoel Pioneiro que vai deixar muita gente sem dormir. Trata-se do rumoroso Inquérito Civil n.° 0000196-200/2017, que apura recebimento indevido de valores pagos pela empresa Rádio Táxi Ananindeua, fato ocorrido em fevereiro de 2016.

]

De acordo com a denúncia, o então secretário municipal de trânsito, Clauberdan Sousa Silva, recebeu da Rádio Táxi Ananindeua, a importância de R$ 50 mil reais, pelo então Secretário Municipal de Trânsito de Ananindeua, para liberação de 21 autorizações para transferências de propriedade de veículo em favor da empresa. A propina teria sido dividida entre Ronald Ruy Sousa da Silva, irmão do secretário, e a servidora municipal Ana Nélia Mota Vinhote.

571 visualizações0 comentário