• O Antagônico

Asdrúbal Bentes, A Filha e a Pensão por Morte


O Procurador-Geral de Contas, Guilherme da Costa Sperry, autorizou a habilitação de Andréa Quinto Bentes como beneficiária da Pensão por Morte decorrente do óbito do Procurador de Contas emérito Asdrúbal Bentes, na condição de filha inválida. O benefício passa a valer retroativamente, a partir de 27 de abril de 2020. Na autorização, o procurador de contas concede à beneficiária, no período de 27 de abril a 04 de novembro de 2020, a integralidade do benefício (100%), correspondente ao valor de R$ 23.717,76 (vinte e três mil, setecentos e dezessete reais e setenta e seis centavos), calculado de acordo com a legislação em vigor na data do óbito.


A decisão estabelece também que a filha de Bentes passa a receber, a partir de 05 de novembro de 2020, o valor provisório de R$ 11.858,88 (onze mil, oitocentos e cinquenta e oito reais e oitenta e oito centavos), equivalente a 50% (cinquenta por cento) do benefício, devendo o percentual restante (50%) permanecer sobrestado, aguardando a conclusão da análise do requerimento de pensão realizado pela esposa de Asdrúbal Bentes, Sandra Rosa Pinheiro Leal.


Asdrubal Mendes Bentes morreu em abril do ano passado vítima de complicações da Covid-19. Na Câmara dos Deputados, Bentes cumpriu seis mandatos entre 1987 e 2014, participando inclusive da Constituinte. Foi eleito em 2010 pela última vez para mandato na Câmara dos Deputados. Em 2011, o STF o condenou por crime cometido em 2004, durante campanha eleitoral. Em 2014, foi condenado à reclusão por três anos e renunciou ao cargo de deputado.

170 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo