• O Antagônico

Bagre. A Seduc. Os Alunos. A Cooperativa e o Contrato de R$ 600 Mil

Atualizado: 17 de mai.



Quanto mais longe o município, mais difícil a fiscalização. Vejam só !!!A Secretária de Educação do Pará, Elieth Braga, contratou, de forma emergencial, (sem explicação plausível) pelo valor de R$ 102 mil reais por mês, a Cooperativa de Transporte Rodoviário do Produtor Rural do Estado do Pará, para a prestação de serviços de transporte escolar fluvial, com vistas à locomoção de alunos matriculados na rede estadual de ensino, residentes na zona rural, em assentamentos ou em acampamentos no Município de Bagre. Ou seja, o contrato custa, anualmente, quase R$ 1 milhão de reais. Até onde se sabe, Bagre não enfrenta nenhum desastre natural ou situação limítrofe que justifique contratação emergencial de empresa. Ai tem ...

188 visualizações0 comentário