• O Antagônico

Bagre. Maracanã. Cachoeira do Arari. O Abraão Benassuly. Os Terminais e os R$ 8 Milhões

Atualizado: 3 de mar.



No governo de Helder Barbalho podem faltar obras, mas sobram placas e aditivos milionários. Melhor para as empresas de amigos, parentes e aderentes do alcaide !! Vejam só!! O presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará, Abraão Benassuly, assinou três Portarias chancelando aditivos nos contratos de reforma dos terminais hidroviários de Bagre, Maracanã e Cachoeira do Arari.


O valor global do contrato de Bagre, com a empresa Oceanorte Construções, após as alterações supramencionadas passará a ser de R$ 2.687.489,44 (dois milhões, seiscentos e oitenta e sete mil, quatrocentos e oitenta e nove reais e quarenta e quatro centavos). Já o de Maracanã, também com a Oceanorte, passará para o valor de R$ 2.859.155,97 (dois milhões, oitocentos e cinquenta e nove mil, cento e cinquenta e cinco reais e noventa e sete centavos).


Quanto ao contrato para a reforma do Terminal Hidroviário de Passageiros e Cargas do Município de Cachoeira do Arari, com a empresa Engeport Engenharia , com sede em Ananindeua, passará a ser de R$ 2.614.703,43 (dois milhões, seiscentos e catorze mil, setecentos e três reais e quarenta e três centavos).

449 visualizações0 comentário