• O Antagônico

Chaves. A Vereadora. Os Falsos Médicos. A Polícia. A Lancha e a Fuga



Dois falsos médicos estavam atuando na cidade de Chaves, contratados por uma empresa que, supostamente, atua no ramo. A denúncia foi formulada pela vereadora Rose Dias, que é enfermeira especialista em terapia intensiva e que é amiga pessoal de um dos médicos, que estava tendo seu registro de CRM utilizado de forma ilícita. A vereadora percebeu o golpe porque o verdadeiro profissional está em São Paulo fazendo uma especialização e seu CRM estava sendo usado na unidade de saúde de Chaves.


Alertado pela vereadora o Sindicato dos Médicos do Pará registrou Boletim de Ocorrência, no dia 30 de maio, na Polícia Civil, além de comunicar o Conselho Regional de Medicina. A abordagem da polícia ocorreu na última quinta-feira, 02, momento em que um dos falsos médicos estava no Hospital Municipal. Mas, porém, contudo, inexplicavelmente, o sujeito conseguiu fugir da cidade, com a ajuda de uma lancha. Diga-se de passagem que o prefeito de Chaves, o Pastor Zequinha, já foi matéria do Antagônico, quando teve o mandato cassado, em julho do ano passado.

416 visualizações0 comentário