• O Antagônico

Dom Eliseu, A Trilha do Grão, A Morte do Empresário, O Prefeito, O Vereador e o Descaso com a Saúde



Uma trilha realizada em Dom Eliseu, no último sábado, 01 de maio, Dia do Trabalho, em plena pandemia, acabou em tragédia. O evento contou com a presença de dezenas de motoqueiros, além do prefeito da cidade Gersilon Silva da Gama e do presidente da Câmara de Vereadores, Edilson Oliveira, ambos muito criticados nas redes sociais por permitirem e tomarem parte de um evento de grande aglomeração, desrespeitando as regras sanitárias de combate a Covid 19.


Além do Decreto Estadual, um Decreto Municipal, assinado pelo próprio prefeito Silon, proíbe eventos com aglomeração. Durante a Trilha, uma motocicleta se chocou com outra, causando a morte instantânea de um dos participantes. O outro piloto foi levado em estado grave para o hospital.


A Trilha do Grão, como é conhecida, saiu do Parque de Exposições de Dom Eliseu, rumo a zona rural, passando por várias comunidades, entre elas as colônias Progresso e Paraíso, e retornando ao ponto de partida. No meio do trajeto, que contou com a participação de mais de 500 pessoas, aconteceu a tragédia.


O motoqueiro que veio a óbito é empresário maranhense Roneilson Miranda, de 27 anos, conhecido como ‘Ronny Bala’. De acordo com testemunhas, Roneilson colidiu frontalmente contra a motocicleta de um outro competidor, identificado apenas como Magno, que também teve ferimentos graves. Com o impacto, a vítima não resistiu e morreu no local. O outro competidor foi socorrido e encaminhado para Imperatriz, na Região Tocantina do Maranhão. Ronny nasceu no município de Itinga do Maranhão, distante 621 km de São Luís, onde era empresário no ramo de veículos automotores e martelinho de ouro.

Veja abaixo o vídeo com imagens do evento :


https://drive.google.com/file/d/10WYveXsmHJYBzJgWTiycJXf8THksdMCg/view?usp=sharing


364 visualizações0 comentário