• O Antagônico

Dom Eliseu. Os Pistoleiros e a Morte do Servidor



Uma dupla de pistoleiros em uma motocicleta matou a tiros, na noite desta segunda-feira (6), Emílio Barbosa, que era servidor da Prefeitura de Dom Eliseu, no sudeste do Pará. O crime aconteceu por volta de 18h, em um bar conhecido como “Cassino”, localizado na Rua Gonçalves Dias, esquina com a Rua São Geraldo, no Bairro da Esplanada, onde a vítima se divertida jogando carteado.


Segundo testemunhas, os assassinos chegaram ao local em uma moto Bros e o criminoso que vinha na garupa desceu do veículo e se aproximou de Emílio pelas costas e, em seguida, atirou quatro vezes na cabeça dele, que morreu sentado na cadeira onde estava. O pistoleiro, ainda de arma em punho, imediatamente saiu do bar, montou na garupa da motocicleta e fugiu com o comparsa para rumo ignorado.


Segundo familiares, Emílio Barbosa era servidor público e ocupou o cargo de diretor do Mercado Municipal de Dom Eliseu, durante a gestão do ex-prefeito “Pinduquinha”.

349 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo