• O Antagônico

A TV Liberal e a intervenção da Globo

Atualizado: Jan 8

Carlos Bonatelli, nomeado como novo diretor da TV Liberal, chega com apoio total da Nave Mãe



A vênus platinada retomou ontem o controle de 100% da sua repetidora no Pará, a TV Liberal. No juridiquês isso quer dizer “chamar o processo a ordem”. De cara, a Globo nomeou novo diretor para a praça paraense, Carlos Bonatelli, que será o mandachuva do plim-plim no Pará. Ontem, mesmo sabendo que a família Maiorana está perdendo espaço, Rosangela Maiorana, a “Loloca”, chegou na TV, na avenida Nazaré, de braços dados com o novo diretor. Uma forma de dizer “ainda estamos por aqui”. Dentre as mudanças, duas demissões de cara: o diretor de jornalismo, Paulo Fernandes, e a chefe de redação, Simone Amaro, a última com 31 anos de casa.


Em contato com O Antagônico, Amaro disse que a TV Liberal justificou a demissão alegando reformulação na emissora. “Não há mágoas. Sou muito grata pelos 31 anos de trabalho na TV Liberal. Fiz uma família. Desenvolvi meu trabalho com ética e profissionalismo. Saio Feliz e realizada”.

O novo diretor, Carlos Bonatelli, que dirigia a TV Fronteira no interior de São Paulo, chegou a TV Liberal com apoio total da Nave Mãe e com carta branca para fazer as mudanças que julgar necessárias. E ele já chegou chegando, com pompa e circunstância, para incorporar tudo. Na prática, isso representa uma intervenção total na TV Liberal, que vinha sendo omissa, sistematicamente, com algumas pautas de interesse nacional, por conta de interesses de Ronaldo Maiorana e “Loloca”.


Para quem conhece a família Marinho, os donos da Globo, se tem uma coisa que eles não gostam é de perder espaço, principalmente quando parceiros querem virar donos. A bola da vez é o diretor geral Fernando Nascimento, cuja batata já está assando há bastante tempo. Caso fique no cargo, o que é pouco provável, terá poderes limitadíssimos.


814 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo