• O Antagônico

Igarapé-Miri, O Pinduca, A Dona Onete e os 125 Anos da Capital Mundial do Açai



O município de Igarapé-Miri, no nordeste paraense, está completando hoje 125 anos de história. Igarapé-Miri é conhecido como a "Capital Mundial do Açaí", por ser o maior produtor e exportador do fruto no mundo, título confirmado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que o município chega a produzir 305,6 mil toneladas, equivalente a 28% da produção nacional. Apesar da fama ligada ao plantio do açaí, a hospitalidade da população é outro ponto forte do município. Localizado na margem direita do rio homônimo, na zona fisiográfica Guajarina, região de integração do Baixo-Tocantins, Igarapé-Miri é também berço dos grandes músicos paraenses, a tradição artística é um dos pontos fortes de Igarapé-Miri. Da terra do açaí saíram o Rei do Carimbó Pinduca, Aldo Sena, o Rei da Guitarrada, Dona Onete a Rainha do Carimbó chamegado (ritmo que surgiu em Igarapé-Miri), Tonny Brasil (criador do Tecnobrega), Pim, artista de grande sucesso nas décadas de 70 e 80 e vários outros artistas de prestígio regional e nacional. Mil vivas a Igarapé-Miri !!!!

95 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo