• O Antagônico

Itaituba, A Empresa dos Filhos do Prefeito, Os Aditivos e o Baile no Ministério Público



Mais uma do prefeito de Itaituba. O Ministério Público do Pará e os órgãos de fiscalização “comeram poeira” no contrato nº. 02019/0214, cujo objeto foi a contratação de empresa para a execução de serviços de recuperação e complementação de estradas e vicinais situadas no assentamento Ypiranga. O contrato teve início em 2014, na gestão da prefeita Eliene Nunes e teve 8 aditivos de lá para cá.


A situação estaria dentro da normalidade até ai, não fosse a empresa contratada, a Tapajós Construtora Terraplenagem e Transporte Ltda, ser de propriedade dos irmãos Walmir Climaco de Aguiar Filho e Ana Clara Moreira Climaco de Aguiar, não por acaso, filhos do atual prefeito de Itaituba, Walmir Climaco de Aguiar. Ou seja, tudo em casa !!


A bem da verdade, na época da celebração do contrato, em 2014, Climaco não era prefeito de Itaituba, estando a situação regular até 31 de dezembro de 2016. No dia 01 de janeiro de 2017, Walmir assumiu a prefeitura e, a partir de então, começou a assinar cheques para a empresa de seu filho, o que é expressamente vedado pela Lei de Licitações.


Em uma Ação de Improbidade Administrativa e Ação Penal, que certamente serão propostas, (antes tarde do que nunca), pelo Ministério Público em Itaituba, Walmir pode até tentar emendar uma defesa, alegando que quando assumiu o cargo, o contrato já estava em vigor. No entanto, porém, contudo, a artimanha não teria como prosperar. Isso porque, em novembro de 2017, Walmir assinou um aditivo no contrato, omitindo a informação de que a empresa pertencia a seus filhos, apontando como representante legal da mesma, o nacional Cleison Soares da Silva.


Como ninguém reclamou e o MP engoliu, o prefeito repetiu a dose em 2018, aditando novamente o contrato, referendando, de próprio punho, a flagrante ilegalidade. Como a empresa tem como representante legal o herdeiro de Walmir, que inclusive leva o nome completo do controverso prefeito de Itaituba e o endereço é o mesmo da madeireira do prefeito, na rodovia Transamazônica, no KM 4,5, a situação fica evidenciada como “batom na cueca”, situação vexatória difícil, difícil mesmo de explicar.


A empresa Tapajós Construtora Terraplenagem e Transporte Ltda , cujo CNPJ é 83.318.261/0001-81 – 83318261000181, foi aberta em 25 de setembro de 1992, ou se3ja, há 28 anos, com porte de Micro Empresa e Natureza Jurídica Sociedade Empresária Limitada. O capital social da empresa é de R$ 2.100.000,00.

440 visualizações0 comentário