• O Antagônico

Jacundá. O Dino Altoé. O Escritório de Advocacia. O Fundef. O Contrato e a Investigação



O promotor de justiça de Marabá, John Carr, instaurou dois procedimentos envolvendo advogados e a prefeitura de Jacundá, na gestão de Izaldino Altoé, que renunciou ao cargo em 2016, sete meses antes de concluir o mandato. O primeiro apura atos de improbidade administrativa consistente na contratação de escritório de advocacia para defender a prefeitura municipal, embora esta possua Procuradoria Jurídica devidamente instalada. O segundo apura atos de improbidade administrativa consistente no pagamento de honorários advocatícios com recursos do FUNDEF.

436 visualizações0 comentário