• O Antagônico

Marinor Brito. A Câmara de Belém. A Escola Bosque. A Denúncia e o Arquivamento



O Conselho Superior do Ministério Público, à unanimidade, nos termos do voto do Conselheiro Relator, decidiu pelo arquivamento da denúncia da então vereadora Marinor Brito e da Câmara Municipal de Belém, para apurar possível prática de assédio moral em face dos professores que atuam na Casa Escola da Pescada, por parte da diretora Maria de Fátima Ferreira Seabra. Além da diretora, a denúncia de Marinor arrolava também a Fundação Escola Bosque,(Funbosque).

291 visualizações0 comentário