• O Antagônico

Marituba. O Fundeb. A Kátia Cristina. A Mara Barbalho. O Fogo Amigo e a Devolução dos R$ 280 Mil



O leitor deve se lembrar da Kátia Cristina de Souza Santos, aquela que foi secretária de educação na gestão do prefeito Mário Filho, que não deixou saudades na população de Marituba. O leitor deve lembrar também que o governador do Pará, Helder Barbalho, nomeou esta criatura como gerente geral da Usina da Paz – Marituba. Pois bem. O Tribunal de Contas dos Municípios do Pará considerou irregular a prestação de contas de 2019 do Fundeb de Marituba, de responsabilidade de Katia Cristina.


Acrescente-se que a ex-secretária não apresentou defesa para graves irregularidades apontadas e foi julgada à revelia, devendo devolver ao Município, no prazo de 60 dias, o montante de R$ 280 mil reais, sendo R$ 48 mil pagos indevidamente à Janaina Batista, ex-servidora do município, e R$ 232 mil referentes a ausência de comprovantes de despesas com obra da unidade de ensino fundamental Benedito Bezerra Falcão.


Pelo conjunto da obra, o Tribunal decidiu aplicar cinco multas, que totalizam R$ 6.194,55 (1.500 UPF-PA). Cautelarmente, o TCM decretou a indisponibilidade de bens de Kátia, em quantidade suficiente para garantir o ressarcimento, ao erário municipal, dos R$ 280 mil reais, valores que devem ser devidamente atualizados. Ou seja, Mara Barbalho, presidente do TCM, que não por acaso é tia do governador, não deve ter sido avisada a tempo para salvar o pescoço de Kátia Santos, como já se fez em muitos casos envolvendo os amigos dos amigos do MDB. Das duas uma: ou se trata de “fogo amigo”, ou Mara Barbalho realmente não vai com a cara da moça !!

340 visualizações0 comentário