• O Antagônico

Mojui. O Contador. A Mulher do Prefeito. O Edmar Imbeloni. O Sobrepreço e o Promotor



Há algo de podre na prefeitura de Mojui dos Campos, município de pouco mais de 16 mil almas, vizinho a Santarém, no oeste paraense!! E o mal cheiro já retumbou no Diário Oficial desta quinta-feira, 31 de março.


O Titular do 9° Cargo de O Promotor de Justiça de Direitos Constitucionais e Probidade Administrativa de Santarém, Diego Belchior Ferreira, instaurou um Inquérito Civil onde constam como investigados o contador Edmar Junior de O. Imbeloni, a esposa do prefeito de Mojui, Adrielly Linhares Lima, o secretário de gestão, Helcias Coelho Lima Filho, o secretário de educação, Glayton Jean da Silva Ridrigues e o ex-secretário de educação Ediclei Jadson da Silva Gomes.


O inquérito visa apurar a ocorrência de sobrepreço na contratação do escritório de contabilidade Edmar Junior de O. Imbeloni através dos processos de inexigibilidade de licitação n.° 001/2021-SEMTRAS, n.° 001/2021-SEMED, n.° 001/2021-FMS e n.° 002/2021-SEMGA, dada a notícia de que o escritório foi contratado pela prefeitura de Mojui dos Campos, na gestão de Marco Antonio Lima, por preço acima daquele praticado no mercado para o mesmo serviço.


Também é investigada a ausência de comprovação de notória especialização e de singularidade do objeto do contrato celebrado com Edmar Júnior, que justifique a contratação por meio de processos de inexigibilidade de licitação.

566 visualizações0 comentário