• O Antagônico

Na Rede 17/02/2021

O Desembargador e a Máscara. A Praia e o Histórico de Abuso de Autoridade

O desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo Eduardo Siqueira foi flagrado mais uma vez sem máscara em uma praia de Santos, no litoral paulista. O episódio ocorreu no último sábado, 13.

Desde maio de 2020, o uso de máscara é obrigatório em Santos sob risco de multa em caso de descumprimento. Em julho do ano passado, Siqueira foi flagrado humilhando um guarda municipal após ser abordado sem máscara em uma praia.

No mês passado, o desembargador foi condenado a pagar indenização por danos morais, no valor de R$ 20 mil, ao guarda que ofendeu. Conforme apurou a ConJur, Siqueira tem um longo histórico de abusos de autoridade e carteiradas, que vão desde contato pessoal inconveniente até a quebra de uma cancela de pedágio por não ter paciência de esperar.

♥♦♣♠


O Hemopa e a Suspensão dos Servidores de Marabá

O Presidente do Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará – Fundação Hemopa, Paulo Castelo Branco, aplicou a pena se suspensão aos servidores Marco Antônio Pereira da Silva e Nilma Ferreira Pereira, pelo não cumprimento do dever funcional. Ambos estão lotados no Hemocentro Regional de Marabá.

Na mesma Portaria, o presidente do Hemopa converte a penalidade de 8 dias de suspensão imposta a Marco Antonio, e 14 imposta a Nilma Ferreira, em multa na base de 50% por dia de vencimento ou remuneração ficando o servidor obrigado a permanecer em serviço, devendo constar em seus assentos funcionais a penalidade aplicada.

♥♦♣♠


Roberto Carlos e a Freira. O Medalhão, A Morte e o Adeus

Morreu em Vila Velha no último domingo,(14), a irmã Fausta Ramos, de 98 anos, que ficou conhecida por ser professora do cantor Roberto Carlos, ainda no primário, e quem o ensinou a ler e escrever, em Cachoeiro de Itapemirim, região Sul do Espírito Santo. A freira e o músico mantiveram contato durante toda a carreira do Rei e foi ela que, na década de 1960, deu a ele um medalhão banhado a ouro, presente em várias capas de disco do cantor.

Eles se conheceram em 1949, quando o cantor tinha apenas oito anos de idade. Roberto Carlos, quando vinha ao Espírito Santo, costumava encontrá-la. Sempre discreto, ele pedia que assistentes de sua equipe fossem até a Prainha e convidavam a freira para ir visitá-lo onde estava hospedado. O medalhão que Roberto levou durante anos em seu peito também foi carregado pela freira por 25 anos. O objeto está presente no pescoço do cantor em quase todos os discos lançados entre 1973 e 1981. Por conta disso, o período – no qual gravou músicas como "Além do Horizonte", "O Portão" e "Jesus Cristo – é chamado por críticos musicais de "a fase do medalhão".

A irmã também era conhecida por ter sido diretora do pensionato São Luiz, hoje já desativado, que funcionava na ladeira do bairro Santa Cecília, próximo ao Parque Moscoso, em Vitória. A instituição recebia muitos jovens durante os anos de 1960 a 1970 que saíam do interior para estudar na Capital. Acolhedora, irmã Fausta era lembrada pela sensibilidade que tinha com as pessoas e com o carinho, principalmente entre os que tinham mais dificuldades financeiras.

♥♦♣♠

53 visualizações0 comentário