• O Antagônico

Na Rede 20/02/2021

A Itapemirim e o Avião. O Airbus e as Capitais

O Grupo Itapemirim confirmou na noite desta sexta-feira (19) a chegada da sua primeira aeronave que fará parte da nova companhia, a Itapemirim Transportes Aéreos. A empresa pretende começar a voar em março e deverá atender as seguintes cidades: São Paulo, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Foz do Iguaçu, Florianópolis, Salvador, Fortaleza, Vitória e Goiânia. A aeronave, um Airbus A320, deve ficar em Natal para trâmites relacionados à importação e depois seguirá para São José dos Campos (SP) para pintura e customizações. A proposta da Itapemirim Transportes Aéreos é oferecer aeronaves com maior espaço entre as poltronas e serviço de bordo diferenciado.

A Mulher, A Boate e os Tiros. O Corpo e a Prisão

Uma mulher, de 31 anos, foi presa na quinta-feira (18) suspeita de matar a jovem Djaiane Batista Barros, de 26 anos, em uma boate em Tianguá (CE). De acordo com o delegado plantonista da Delegacia Regional de Tianguá, Fábio da Silva Pessoa, a suspeita foi até o local em busca do marido.

Segundo a polícia, na boate, a mulher Dayanne Rafaelle da Silva Rodrigues, que estava armada, encontrou o esposo com mais quatro pessoas, dentre elas Djaiane, em uma mesa. Em seguida, ela atirou contra o grupo e atingiu duas pessoas.

Djaiane morreu no local e o corpo foi encaminhado para perícia. Já um homem, de 24 anos, que também foi baleado, foi socorrido para uma unidade hospitalar. À polícia, a suspeita afirmou que estava com raiva do companheiro e efetuou os disparos de forma aleatória. Ela disse ainda que não conhecia a mulher que foi baleada. Imagens de uma câmera de segurança mostram a mulher saindo do local logo após efetuar os disparos. Ela é seguida pelo marido que tenta tirar a arma da mão dela. Conforme o delegado, a arma utilizada no crime foi comprada em Fortaleza (CE), mas a ação não foi premeditada.

O Roberto Jeferson e o PTB. A Prisão, O Voto e a Punição

O presidente nacional do PTB, o ex-deputado Roberto Jefferson (RJ), disse que retirará as presidências estaduais do partido dos dois deputados da sigla que votaram a favor da continuidade da prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). Os "dissidentes" do PTB são os deputados Pedro Augusto Bezerra, do Ceará, e Pedro Lucas Fernandes, do Maranhão. Os outros nove deputados do partido que estiveram na votação foram contrários à prisão de Silveira. Jefferson é um aliado recente do presidente Jair Bolsonaro e convidou o presidente a ingressar no PTB.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo