• O Antagônico

Nova Ipixuna. A Vice Prefeita. O Salário de R$ 13 Mil. Os Professores e a Revolta



Não convide para a mesma festa os professores da rede municipal e a vice prefeita de Nova Ipixuna, Rosineide Silva de Sousa. Explica-se: Rosineide, antes de assumir o cargo de vice, ganhava o salário de R$ 7 mil reais como professora. Após ser empossada, os rendimentos da “Professora Neide”, aumentaram consideravelmente, estando hoje na valor de R$ 13 mil reais. Enquanto isso, os vencimentos dos professores do município seguem congelados.


Diga-se de passagem que pela lei, o salário do vice de Nova Ipixuna não passaria de R$ 3.500 reais. E é ai que está o pulo do gato. Ou melhor, o pulo da Neide. Segundo a categoria, a vice, como manda a lei, poderia optar entre o salário de vice ou e de professora, tendo a mesmo ficado com a segunda opção, ou seja, R$ 7 mil reais. Até ai tudo bem !!


O que os professores de Nova Ipixuna não entendem é como a vice está recebendo atualmente R$ 13 mil, se a categoria não recebe hora extra ou qualquer outro benefício que justificasse quase o dobro do salário. Na prática, Rosineide Sousa está recebendo mais do que os dois salários juntos. Com a palavra o Ministério Público.



Refrescando a memória dos leitores, não só a vice, como também a prefeita de Nova Ipixuna, Maria da Graça Medeiros Matos, a “Dra Graça”, do MDB, está enrolada com ações nada republicanas. Não foi à toa que o promotor de Justiça , Alan Pierre Chaves Rocha, instaurou um Inquérito Civil para investigar a chefe do executivo e servidores municipais, além de quatro secretários de governo.


A investigação do representante do parquet tem foco na apuração de atos de improbidade administrativa relativas a irregularidades ocorridas no Procedimento Licitatório (Pregão Presencial n.° 009/2020-018) realizado pela prefeitura. No rol de investigados tem muita gente.


Além da prefeita, estão arrolados nas investigações o secretário de educação, Williamson do Brasil de Sousa Lima, a secretária de desenvolvimento, Terezinha dos Santos Bezerra, a secretária de gestão, Vera Lucia da Cruz Arantes da Silva, Abílio Martins da Silva Neto, o secretário de Meio Ambiente e Turismo, João Batista Alves Teixeira, Eduardo Rodrigues da Silva, Thiago Gonçalves da Mota, Franquissuel Gomes dos Reis, Empresa J.L. Teixeira Soares – ME, C Pereira Macedo ME e José Luis Teixeira Soares.

421 visualizações0 comentário