• O Antagônico

O Avião. O Voo para São Paulo. O Nicolas e o Cleudson. Os R$ 7 Milhões a Bordo



A Quadrilha das OSs movimentou muito dinheiro vivo, verba desviada dos Contratos com o Governo do Pará. Nesse contexto, os pilotos das aeronaves usadas pelo grupo foram testemunhas oculares dos crimes, uma vez que transportavam, não só os chefes da Organização Criminosa, mas também grandes somas em dinheiro, entre o Pará, o Tocantins, São Paulo e Rio de Janeiro.


Dois desses pilotos, Joilson Corrêa Faustino e Hugo César Félix Trindade, contaram detalhes dos transportes de valores, em depoimento à Polícia Federal. Em uma conversa de WhatsApp, quando decolava do aeroporto de Belém, Hugo conversa com sua esposa e manda para a mesma a foto de uma sacola com R$ 1 milhão de reais. Nesse dia, o piloto transportava, em dinheiro vivo, R$ 7 milhões de reais. Veja o diálogo:


                29 de junho de 2020. 13:30hrs

Hugo - Decolando agora de Belém para São Paulo
Esposa – Sério ?
Hugo  (envia a foto da sacola com dinheiro)
Hugo – Pagava as nossas contas amor !! 1 milhão.
Hugo – E no bagageiro tem mais 6 milhões
Esposa – Eita
Esposa – kkk

Os dois pilotos tiveram as penas de prisão substituídas por suspensão da habilitação de piloto e proibição de se ausentar da comarca onde residem.

913 visualizações0 comentário