• O Antagônico

O Cartório de Paragominas. A Mãe do Ex-prefeito, A Corregedoria do TJ e o Processo Disciplinar



A Corregedora Geral do Tribunal de Justiça do Pará, desembargadora Rosileide Maria da Costa Cunha, considerando a decisão proferida nos autos do Processo nº 0000773-23.2021.2.00.0814, que tem por requerente o juízo da Vara Agrária de Castanhal, mandou instaurar um Processo Administrativo Disciplinar em desfavor da oficiala Titular do Cartório Extrajudicial do Único Ofício da Comarca de Paragominas Carmem Sylvia Pombo Tocantins. Carmem é mãe do ex-prefeito de Paragominas Paulo Pombo Tocantins.


A corregedora delegou poderes Juiz Corregedor Permanente da Comarca de Paragominas, para presidir e constituir a Comissão Processante, concedendo o prazo de 60 dias para a sua conclusão.


Em contato com O Antagônico, Paulo Tocantins disse que trata-se de um procedimento padrão, que envolve a Vara Agrária de Marabá. “Salvo engano, existe mais de um procedimento em tramitação na Corregedoria. Mas não é nada grave”. Frisou o ex-prefeito.

316 visualizações0 comentário