• O Antagônico

O Fantástico. As OSs. O Gordo. O Posto de Fachada e os Bilhões Desviados



O programa Fantástico, da Rede Globo, mostra, neste domingo, 22, os bilhões desviados pela chamada “Quadrilha das OSs”, com a anuência e participação do alto escalão do governo do Pará. O esquema já é considerado um dos maiores golpes já registrados na história. No caso do Pará, a história começou, como na Lava Jato, em um posto de gasolina situado em Capanema. O Posto, registrado no nome da empresa Minotauro, de propriedade de Nicolas Tsontakis, vulgo “gordo”, foi batizado acintosamente com o nome de “João Paulo II”.


Ao analisar os dados bancários da Minotauro, a PF concluiu que a empresa possui um comportamento financeiro típico de “contas de passagem”, dado que praticamente todo o dinheiro creditado era debitado no mesmo mês. Nesse ponto, não pode passar despercebido o exorbitante valor de mais de R$ 100.000.000,00 (cem milhões de reais) – somando-se crédito e débito , movimentado pela empresa sem qualquer justificativa lícita aparente, principalmente porque o posto de gasolina em que funciona a empresa , situado à rua Martinho Monteiro, nº 1741,no Condomínio Residencial, Benevides, não está em atividade.


A investigação constatou, ainda, que a Minotauro recebeu valores repassados diretamente das Organizações Sociais, bem como das empresas subcontratadas, sem estar presente qualquer justificativa lícita que desse amparo às movimentações financeiras.


Em uma das operações, a empresa recebeu mais de R$ 1 milhão e meio de reais , através de quatro transações bancárias, advindos diretamente do Instituto Panamericano de Gestão- IPG, isso sem que a Minotauro tenha prestado qualquer serviço à Organização Social, que justificasse as tranferências. Quanto às empresas subcontratadas pelas Organizações Sociais investigadas, tem-se que parte delas encaminharam valores diretamente à conta bancária da Minotauro, totalizando quase R$ 23.000.000,00 (vinte e três milhões de reais); valores esses que tratavam-se de recursos desviados da área da saúde, repassados para Nicolas, de forma dissimulada, por intermédio das contas das empresas.




Veja abaixo as empresas  e o valores repassados para a Minotauro:

ML Equipamentos M SUPORTE VIDA LTDA R$ 5.952.979,40
ADRIANA MICHELS FERREIRA CONSULTORIA EM GESTAO EMPRESARIAL R$ 4.889.587,20
MIRRORTECH - S E C EM T.I. EIRELI R$ 3.430.000,00
RENICS EQUIPAMENTOS LTDA R$ 3.000.000,00
ECO C E LTDA - R$ 1.380.000,00
SERVEM SAUDE SERVICOS DE RADIOLOGIA LTDA R$ 1.290.000,00
HEATECH SERVICOS E. M. P. LTDA R$ 1.200.000,00
PLENITUDE - ASSISTENCIA TECNICA LTDA ME R$ 791.243,54
M C POMPEU CONSULTORIA R$ 500.000,00
IVONE VALLE COCA MORALIS R$ 200.000,00
BRITTES ODONTO MEDICS PRESTACAO DE SERVICOS MEDICO R$ 150.000,00
LUCINEIA EUGENIO DA S BOLDARINI R$ 150.000,00
OSVALDO COCA MORALIS ME R$ 60.000,00
Total R$ 22.993.810,14

Do montante de quase R$ 10 milhões recebidos pela ML Equipamentos, oriundos das Organizações Sociais, no período de junho a agosto de 2020, quase R$ 6 milhões foram parar nas contas da Minotauro. Situação semelhante ocorreu com os valores recebidos pela empresa Adriana Michels Ferreira Consultoria.


Após as OSs e suas subcontratadas repassarem os valores à Minotauro, o dinheiro rapidamente era pulverizado, seja através de saques em espécie, seja através de transferências bancárias.


Nesse contexto, observou-se que parte considerável dos valores recebidos pela empresa foram destinados à conta pertencente a Nicholas André Silva Freire, (R$ 4.965.600,00), Auto Posto João Paulo II Ltda (R$ 3.114.550,00) e, também, à conta de José Bruno Tsontakis Morais (R$ 1.547.015,00), contas estas administradas, direta ou indiretamente, por Nicolas.


Outros valores saíram da conta da Minotauro e tiveram como finalidade a compra de bens móveis e imóveis que estão registrados em nome de laranjas, como, por exemplo, a quantia de R$ 5.370.000,00 para Wlademir Pedro Dall Bosco e de R$ 900.000,00 para Nestore Guarino Mejias, com o objetivo de quitar dívidas provenientes de arredamento rural, bem como de R$ 1.493.148,48 para Daniel Santos Stella de Carvalho, referente à compra de gado.


Veja abaixo os principais destinatários de valores repassados pela Minotauro:

WLADEMIR PEDRO DALL BOSCO R$ 5.370.000,00
NICHOLAS ANDRE SILVA FREIRE R$ 4.965.600,00
AUTO POSTO JOAO PAULO II R$ 3.114.550,00
JOSE BRUNO TSONTAKIS MORAIS R$ 1.547.015,00
DANIEL SANTOS STELLA DE CARVALHO R$ 1.493.148,48
MONTEIRO ENSOUZA LTDA R$ 1.000.000,00
NESTORE GUARINO MEJIAS R$ 900.000,00
JARRIER BELMONTE SILVA R$ 500.000,00
IMPULSIONE R$ 200.000,00
OSWALDO FRANCISCO DA SILVA FILHO R$ 200.000,00
TECNO BRASIL TOPOGRAFIA GEODESIA R$ 100.000,00
MANEL RODOJALMA R$ 16.000,00
TOTAL R$19.406.313,48

3,629 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo