• O Antagônico

O Hospital Santa Rosa. A Câmara de Belém. A Safran. Rondon e a Fisiocenter




- O Instituto Diretrizes está com os cofres cheios. Isso porque a SESPA repassou para a OS , nada menos que R$ 6.663.320,58 (seis milhões, seiscentos e sessenta e três mil, trezentos e vinte reais e cinquenta e oito centavos) em parcela única, para Ampliação do Hospital Público Santa Rosa, situado em Abaetetuba.

 

- A Secretaria de Segurança Pública do Pará chancelou a inexigibilidade de licitação para contratação da empresa Safran Helicopter Engines Indústria e Comércio do Brasil, por mais de R$ 6,4 milhões de reais, para a prestação de serviço de manutenção continuada preventiva das aeronaves da SEGUP.


 

- O Secretário Estadual de Obras, Benedito Ruy Santos Cabral, homologou a licitação para contratação de empresa para elaborar projetos de arquitetura e engenharia para reforma e modernização da Câmara Municipal de Belém. A empresa vencedora é a Promac Projetos e Construções, que vai receber R$ 954.867,68 (Novecentos e cinquenta e quatro mil, oitocentos e sessenta e sete e sessenta e oito centavos).


 

- A 1ª Promotoria de Justiça de Direitos Constitucionais Fundamentais, Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa de Ananindeua instaurou o Procedimento Administrativo no 000108-200/20 para apurar irregularidade na ausência de pagamento pela Secretaria de Saúde de Ananindeua, à Clínica Fisiocenter – Centro de Fisioterapia Camilo Salgado, bem como redução de contingenciamento dos valores dos contratos, em 25 % sobre o contrato vigente, sem observar o princípio da legalidade.


 

- R$ 2.979.488,56 (dois milhões, novecentos e setenta e nove mil, quatrocentos e oitenta e oito reais e cinquenta e seis centavos). Este é o valor que a Seduc vai depositar na conta da empresa A3 Engenharia Ltda para execução de obra de conclusão da construção da Escola Estadual de 12 salas de aula no município de Rondon do Pará.

161 visualizações0 comentário