• O Antagônico

O Igeprev. A SEMAS. A Madeira Esquentada. O Ophir Loyola e as 100 Camas



Três pautas bomba estão maduras para julgamento no Conselho de Procuradores do MP do Pará. Todas estão sob a relatoria do procurador Waldir Macieira da Costa Filho. A primeira aponta irregularidades no recadastramento de pensionistas por parte do Igeprev, bem como na comunicação de falecimento por parte do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, o que permite que alguns beneficiários pratiquem fraudes, lesando os cofres públicos.


A segunda, cujo requerente é o Ministério Público Federal, MPF, trata de uma investigação que apura a existência de um grandioso esquema existente dentro da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS), para esquentamento de madeira.


Já a terceira se refere a irregularidades no Hospital Ophir Loyola,k em razão de faturamento na compra de 100 camas.

511 visualizações0 comentário