• O Antagônico

O Liberal e os Afagos em Jatene. Ronaldo Maiorana e os Ataques a Adnan, Sidney Rosa e José Fernando



Das duas uma: ou cobrança de fatura ou aviso prévio. A Edição de O Liberal deste domingo, 13, traz vários afagos ao ex-governador Simão Jatene, dando como certa a sua candidatura ao governo do Pará. O jornal reitera a força do tucano a frente do PSDB, sendo dele a última palavra dos rumos do partido no Estado.


O jornal reitera que a candidatura de Jatene é incentivada por políticos nacionais de alta plumagem, como Tasso Jeiressati e Fernando Henrique Cardoso, entusiastas da chamada terceira via da disputa presidencial do ano que vem.


Por outro lado, O Liberal, que continua na folha de pagamento da gestão Helder Barbalho, com generosas faturas, “desce a lenha” no atual secretário estadual de mineração, José Fernando Júnior, ex-Vale, no ex-titular da pasta, Sidney Rosa e no ex-prefeito de Paragominas, Adnan Demacki.


O jornal se refere a José Fernando como “lobista” que enriqueceu às custas do empobrecimento do Pará. Adnan Demacki é rotulado como “171 Profissional” e “meliante” e Sidney Rosa como “Chefe da Organização Criminosa” atrelado a gestão Helder Barbalho. Publicamos abaixo as notas publicadas no R 70 e no “em poucas linhas” deste domingo, para que o leitor tire suas próprias conclusões:



Jantar
Bastidores
A preparação para a corrida eleitoral do próximo ano já está em plena movimentação. Nos últimos dias, falou-se muito de um suposto jantar que teria ungido o ex-governador Simão Jatene como candidato dos tucanos em 2022. O presidente do diretório local, o deputado federal Nilson Pinto, tratou de “desmentir”. Porém, a história tem detalhes distorcidos que não foram divulgados, mas chegaram até a coluna. O jantar ocorreu, em Brasília e com outros personagens: Lena Ribeiro, esposa de Nilson; Manoel Pioneiro, ex-prefeito de Ananindeua; Erick Monteiro, atual vice do município e o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo.

Acordo
Os quatro teriam acertado a oferta de apoio e composição na chapa de Helder Barbalho (MDB), que concorrerá à reeleição ao governo do Estado. Só “esqueceram” de combinar com quem de fato manda no partido. O PSDB segue diretriz da executiva nacional, que já determinou que Jatene decidirá os rumos da legenda. Assim, o “acordo” foi desfeito. 

Retorno
De longe e fora dos holofotes, Jatene tem dito a interlocutores próximos que prepara, sim, sua candidatura. Até as convenções do próximo ano, em se tratando de política, “até boi avua”, como diria o saudoso Gerson Peres. Até lá, mais fácil acertar números da Mega-Sena do que os partidos onde ficarão os candidatos. Como se diz, tudo pode acontecer.

Plumagem
Jatene é incentivado por tucanos de alta plumagem, como Tarso Jereissati, Fernando Henrique Cardoso e outros em um grupo de WhatsApp em que trocam mensagens sobre a conjuntura do país e a possível construção de uma terceira via na disputa presidencial. Já o esforço de articulação de Nilson Pinto para deixar o ex-governador fora da disputa tem motivos no passado. Então secretário de educação, Nilson foi exonerado logo depois do famoso casamento dos milhões, onde a ostentação foi uma das marcas do seu enlace com Lena. Por essa prática e outras nada republicanas, Nilson foi afastado do cargo. Não engoliu até hoje.

O titular da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) é um lobista conhecido no Brasil inteiro, passou por todos os governos enriquecendo a si mesmo e o Pará, empobrecendo.
► Chegou ao ápice no atual governo do Estado. No passado, era conhecido como uma espécie de “uber”, usado para transportar milhões de motivos para o seu chefe, o então secretário da Sedeme Adnan Demachki, este, outro “171” profissional, enganou tanta gente e quase consegue enganar o ex-governador Simão Jatene, que pensou em lançar o meliante ao governo como sucessor. Vade retro!
► Agora eles estão com Helder Barbalho, tendo na companhia o presidente da “orcrim”, Sidney Rosa, ex-prefeito de Paragominas, que perdeu a última eleição no município. Ô Sidney, quem te conhece não vota em ti. Paragominas te conhece!

1,635 visualizações1 comentário