• O Antagônico

O Major e a Coronhada. Os Disparos, A Fuga e a Investigação


O governador do Pará, Helder Barbalho, determinou ontem a criação de um Conselho de Justificação para investigar a conduta do Major da Polícia Militar Erinaldo Silva Costa. De acordo com denúncia encaminhada ao Comando Geral da PM, o major teria se envolvido em uma ocorrência em Capanema, culminando com disparos de arma de fogo, lesão corporal resultante de coronhada, além de dano patrimonial e posterior fuga do local. Pesa ainda contra o militar o fato de que o mesmo não estava de serviço.


Para compor o Conselho foram nomeados os Tenentes Coronéis Fábio José Carmona dos Santos, Jorge Augusto Laranjeira Melo e Marcio Abud Barbalho. O prazo para conclusão do procedimento é de 30 dias.

337 visualizações0 comentário