• O Antagônico

O Mangueirão, A Reforma de R$ 146 Milhões e a Investigação



O Promotor de justiça Daniel Henrique Queiroz de Azevedo converteu um Procedimento Preparatório em Inquérito Civil para apurar possíveis irregularidades na execução das obras no Estádio Olímpico do Pará-Mangueirão, mediante contratação da Construtora WN Ltda pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (SEEL).


O promotor também investiga possíveis irregularidades na execução do Contrato Administrativo n 41/2015, firmado entre a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (SEDOP) e o Consórcio Amazônia Ltda, para urbanização do entorno do Complexo Esportivo do Mangueirão.


Mesmo em plena pandemia, com o Pará registrando mais de 11 mil mortes, o governador Helder Barbalho assinou a ordem de serviço da reconstrução e modernização do Mangueirão, sob a responsabilidade do Consórcio Obras Mangueirão, cujo orçamento previsto é de R$ 146.983.028,29 (Cento e quarenta e seis milhões novecentos e oitenta e três mil, vinte e oito reais e vinte e nove centavos).

259 visualizações0 comentário