• O Antagônico

O Ministério Público de Contas. O Asdrubal Bentes. A Sandra Rosa. A Filha e a Pensão de R$ 24 Mil



Diz um ditado que herança e benefício é algo que os mortos deixam, para os vivos se matarem. Pois bem !! O Procurador-Geral de Contas do estado do Pará, Guilherme da Costa Sperry, autorizou, a contar data do óbito, a habilitação de Andréa Quinto Bentes, na condição de filha inválida, como beneficiária da Pensão por Morte decorrente do falecimento do Procurador de Contas emérito Asdrúbal Mendes Bentes, falecido no dia 27 de abril de 2020.


No período de maio a novembro do ano passado, Andréa recebia 100% do benefício, correspondente ao valor de R$ 23.717,76 (vinte e três mil, setecentos e dezessete reais e setenta e seis centavos). Ocorre que, por conta de um requerimento de outra dependente, Sandra Rosa Pinheiro Leal, a partir de novembro de 2020, Andrea passou a receber apenas metade do valor, permanecendo o percentual restante sobrestado.


O pedido de Sandra Rosa foi indeferido em razão da ausência de documentos comprobatórios. Consequentemente, a partir de agora, Andréa Aquino passa a receber novamente a integralidade do benefício.

306 visualizações0 comentário