• O Antagônico

O Ministério Público, Os Planos de Saúde e a Suspensão das Cirurgias


A promotora Joana Chagas Coutinho, da 3ª Promotoria de Justiça do Consumidor, emitiu, esta semana, uma Recomendação para que operadoras de Planos Privados de Assistência à Saúde, que atuem em Belém, e aos hospitais privados de Belém adotem medidas imediatas necessárias para o adequado atendimento de pacientes contaminados e suspeitos de contaminação pela Covid-19, notadamente com a suspensão de cirurgias eletivas e a consequente disponibilização e ampliação da oferta de leitos, em quantidade suficiente para atender as necessidades da rede hospitalar privada da Capital.


O MP recomenda que as cirurgias devem ser remarcadas conforme urgência e gravidade avaliadas pelos médicos responsáveis, de forma a não prejudicar o tratamento dos pacientes que mais necessitem de intervenção cirúrgica.

123 visualizações0 comentário