• O Antagônico

O MP, O Presidente do Ideflor e os Gazeteiros. O presidente do Igeprev e a Investigação


O Promotor de Justiça Daniel Henrique Queiroz de Azevedo converteu de Procedimento Preparatório para Inquérito Civil a investigação que apura a ocorrência de ato de improbidade quanto ao não cumprimento da jornada de trabalho por parte do Presidente do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (IDEFLOR-BIO), e demais diretores. Em outra investigação, também transformada em Inquérito Civil, o promotor apura a conduta do ex-Presidente do Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Pará – IGEPREV, quanto ao pagamento de proventos acima do teto remuneratório constitucional para servidores aposentados do Estado do Pará.

193 visualizações0 comentário