• O Antagônico

O Nicolas. O Tofolli. O Escritório de Advocacia. A Debandada e a Liberdade

Atualizado: 14 de dez. de 2021



Um dos mais conceituados e mais caros escritórios de advocacia de Brasília, o Favetti Sociedade de Advogados, protocolaram junto ao ministro Dias Tofolli, no STF, um comunicado de renúncia nos processos envolvendo Nicolas Tsontaski, o operador das OSs do Pará. Dizem as más línguas que o Favetti também seria um dos escritórios que assistem, no STJ, os interesses do governador do Pará, Helder Barbalho. Tudo em casa !!


Alías, esta semana, o ministro Dias Toffoli deu o tiro de misericórdia que faltava para libertar Nicolas Tsontaski de qualquer algema: Ele estendeu uma liminar concedida pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, substituindo sua prisão preventiva, até agora domiciliar, pelas seguintes medidas cautelares:


I – comparecimento a cada dois meses em juízo para informar e justificar suas atividades, a fim deque seja aferida a manutenção da inexistência de riscos ao processo e à sociedade; 

II – proibição de manter contato com os demais investigados no Inquérito1033977-37.2020.4.01.3900; 

III – proibição de mudança de domicílio sem prévia autorização judicial, vinculando os pacientes ao processo. IV - entrega em juízo de seu passaporte. Isso é o Brasil, que mata milhões por falta e desvio de dinheiro para combater uma doença e premia a impunidade !!!


787 visualizações0 comentário