• O Antagônico

O Pioneiro. Os Secretários. O Procurador. Os Contratos Fraudulentos e os R$ 25,9 Milhões

Atualizado: Set 16



O Promotor de Justiça, Júlio César Sousa Costa instaurou um Procedimento Investigatório Criminal para investigar os indícios do crime descrito na legislação em vigor, em especial, o crime previsto no artigo 90, da Lei nº 8.666/93, praticado, em tese, pelos ex-secretários municipais de Cultura e pelo ex-Procurador Geral do Município de Ananindeua, na gestão do ex-prefeito Manoel Pioneiro, na contratação fraudulenta de empresa especializada em fornecimento para aquisição de 50 bibliotecas móveis (girotecas), no valor estimado de R$ 25.979.000,00 (vinte e cinco milhões, novecentos e setenta e nove mil reais).

534 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo