• O Antagônico

O Servidor da Seduc. O Ato de Remoção. A Ilegalidade e o Procedimento



O Promotor de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa de Belém, Aldo de Oliveira Brandão Saife, determinou a instauração de Procedimento Preparatório para apurar a ilegalidade do ato de remoção do servidor Cleber Cavalcante da Silva do setor pedagógico da Coordenação de Ensino Médico para a Coordenação de Documentação Escolar (CODOE), ambas unidades da Secretaria de Estado de Educação (SEDUC).

82 visualizações0 comentário