• O Antagônico

O STJ, O Ultimato ao Governador e a Omissão


A chapa tá esquentando e aponta para um provável afastamento do governador do Amazonas, Wilson Lima. O vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Jorge Mussi, determinou ontem que autoridades dos governos estaduais e municipais do Amazonas prestem esclarecimentos em 48 horas sobre o momento em que tiveram conhecimento do risco de desabastecimento de oxigênio na rede de saúde local. Também ordenou que fossem repassadas informações sobre os recursos transferidos ao estado para o combate à pandemia da Covid-19.

O ministro Jorge Mussi é o responsável, no tribunal, por analisar questões urgentes em meio ao recesso. No último sábado, o STJ recebeu um pedido da Procuradoria-Geral da República para apurar a conduta do governo do estado do Amazonas e da Prefeitura de Manaus em meio à crise da saúde no estado - especialmente em relação ao colapso no fornecimento de oxigênio.

Na prática, o ministro ampliou a linha de investigação de um inquérito que já investigava supostos desvios de recursos no combate à pandemia no estado. A PGR quer detalhar a conduta do governador Wilson Lima e outras autoridades - e aponta suspeitas de grave omissão.



47 visualizações0 comentário