• O Antagônico

Os Delegados. Os Dativos. Os policiais. O Estado e a Dívida de R$ 74 Milhões



O Estado do Pará, cujas finanças seguem, segundo a gestão de Helder Barbalho, “de vento em popa”, deve, só de honorários a defensores dativos a cifra de R$ 2.737.106,53 (dois milhões, setecentos e trinta e sete mil, cento e seis reais e cinquenta e três centavos). No tocante a cobrança do retroativo da LC 94/2014, sobre diferença de vencimento dos Delegados da Polícia Civil Estadual, os valores chegam a R$ 34.147.993,61 (trinta e quatro milhões, cento e quarenta e sete mil, novecentos e noventa e três reais e sessenta e um centavos). E tem mais !! A cobrança do retroativo relativo ao abono salarial dos demais servidores das carreiras da Polícia Civil já atingiram a cifra de R$ 37.788.811,28 (trinta e sete milhões, setecentos e oitenta e oito mil, oitocentos e onze reais e vinte e oito centavos). Trocando em miúdos, só neste quesito as contas do Estado estão comprometidas em valores que ultrapassam os R$ 74 milhões de reais.


229 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo