• O Antagônico

Os Donos de Bares e o Decreto. O Protesto e a Falência



A economia do Pará pede socorro. E a coisa só piora. Na manhã de hoje, Helder Barbalho anunciou um novo decreto, restringindo ainda mais o funcionamento de vários setores da economia. E o povo começa a reagir. Depois do anuncio do decreto, centenas de pessoas fizeram um protesto na avenida Nazaré, no centro de Belém, contra a medida que restringiu a atividade de bares, restaurantes e casas de show no Pará. A medida, que está em vigor desde o dia 21, tem como objetivo frear a alta de casos e internações pela Covid-19, segundo o governo do Estado. Com faixas pedindo Direito ao Trabalho, os manifestantes também protestaram na prefeitura de Belém.


Os números são alarmantes. Mais de 50 mil pessoas dependem diretamente do funcionamento de bares, restaurantes e casas de shows na capital. Com a possibilidade de fechamento total desses estabelecimentos, o efeito lógico será danos para a economia, e, por consequência, desemprego em massa.

122 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo