• O Antagônico

Paragominas. O Gordo. O Fórmula 1. O Bonny. O Vilage Ritz e o Água Cristal



Nicolas Tsontakis, o chefe da quadrilha das OSs no Pará, comprou muitos imóveis no Estado, costumando ostentar sinais claros de riqueza. Dentre os inúmeros de imóveis comprados por Nicolas, chama a atenção três no Edifício Village Ritz, localizado na Travessa Almirante Wandenkolk, bairro Umarizal. Os apartamentos são as unidades de número 601, 1301 e 2001.


O primeiro apartamento comprado por Nicolas foi o 1301, cujo proprietário anterior era Milton Bonny, médico santareno que possui estreitos laços com outros membros do esquema criminoso, inclusive possuindo contratos de prestação de serviços com a Organizações Sociais Pacaembu e Birigui. Bonny foi diretor do Abelardo Santos quando a Pacaembu geria o hospital. Nicolas pagou para Bonny pelo apartamento, em abril de 2019, R$ 1.275.000,00 (Hum milhão, duzentos e setenta e cinco mil).


O dinheiro foi repassado, de forma fatiada, através das contas da Minotauro e da Matapi Transportes Multimodal, para as contas da empresa Monteiro Souza Ltda, pertencente a Milton Bonny, de Pammella Tayara Oliveira Lima, esposa de Bony, bem como para o corretor de imóveis Leonardo José Lopes Dias. Nicolas buscou ocultar a real propriedade do imóvel não apenas por meio da utilização do seu nome falso no contrato de compra e venda, mas, também, na tentativa de registrar, em cartório, o imóvel em nome de sua mãe Nectária Aluizia Tsontaski Morais.


Já com relação às unidades 601 e 2001, restou evidenciado que elas foram adquiridas mais recentemente, apurando-se que os antigos donos eram, Marcus Vinícius Carneiro Gondim e Cristiane Pinho Botelho Oliveira. O 2001, de Marcos Vinícius, custou R$ 890 mil, dinheiro repassado através da empresa Minotauro. O 601, de Cristiane Pinho, custou R$ 1.400.000,00, repassados através da conta de Nicholas Freire e da Minotauro.

Nicolas também adquiriu uma casa no Condomínio Água Cristal, na Alameda Tainha, lote nº 13, cujo antigo proprietário era Roberto Carlei Costa Lima. A compra se deu no dia 28 de janeiro de 2020, no valor de R$ 4.500.000,00 (Quatro milhões e quinhentos mil reais). A casa foi registrada no nome da esposa de Nicolas, Ana Caroline Lopes de Oliveira, que continua presa. Uma parte do valor foi pago em dinheiro vivo. Em um áudio do dia 04 de fevereiro, Bruno, irmão de Nicolas, fala sobre a compra da casa no Água Cristal:


Bruno: Tamo aqui no apartamento. O André não vai embora hoje, não. Até agora ainda não foi. O Chico tá ali no carro, no quarto, dormindo. Ontem, ontem ele levou um milho lá pra... pruma casa que tá sendo comprada num condomínio. E faltou um... uma mixaria, peguei e vim buscar. Vim, peguei aqui e levei pra ele. Entendeu? Uma casa  aí num condomínio, que tá sendo comprada. Aí ele tá aqui, deitado aqui com a madame Cherry dele. Vai só amanhã mesmo.

A PF acredita que a outra parte do pagamento, R$ 2.200.000,00, foi feito pela empresa L G Serviços Profissionais Ltda, cuja responsável é Lúcia de Fátima do Nascimento, que demonstrou preocupação em como fazer o repasse. Em uma conversa, Nicolas se diz preocupado com Lúcia:


Áudio de Nicolas para Manoel: “Bora fazer aquele negócio do documento novo da LÚCIA para tirar um problema que essa rapariga é problemática, ela pode dar dor de cabeça para nós na fiscalização. Faça logo o contrato dela para o CARLEI daquele jeito tudo resolve logo. tá bom lembra amanhã”.

No dia seguinte, Nicolas passa mais instruções para Manoel resolver o problema.


Áudio de Nicolas para Manoel: “Documento...vai lá com nosso colega manda autenticar.LÚCIA só falta tu assinar autenticar aqui’, pronto! Mesmo tempo ela faz um documento vendendo para ti e tu depois vende para mim. Entendeu como é o jogo? livrando totalmente pra nós não ter problema na casa com ela, que tá muito cagona”

Outro imóvel comprado por Nicolas, no dia 30 de junho de 2020, foi o apartamento nº 901 no Edifício Orlando de Sousa Filho, localizado na avenida Nazaré. O imóvel custou R$ 600 mil reais. Pelas conversas de WhatsApp a PF deduz que o apartamento pertencia, de fato, a Valry de Morais, tio de Nicolas, sendo que, provavelmente, o pagamento se deu em espécie, para não deixar rastro financeiro.


Nicolas também adquiriu um imóvel situado na travessa Tupinambás, nº 62, em Belém, pelo valor de R$ 1.300.000,00. O pagamento da avença se deu por meio de transferências bancárias da conta da empresa Minotauro para a conta de Roberto da Rosa Valois, proprietário do imóvel. Nicolas Tsontakis também comprou bens, moveis e imóveis, em cidades do interior do Pará. Entre eles o Posto Fórmula 01, localizado na rua Barão de Araruna, nº 33, em Paragominas. O posto foi comprado no dia 03 de setembro de 2020 , por R$ 2 milhões de reais, sendo registrado em nome de Ana Caroline, esposa de Nicolas.


Chama atenção a forma de pagamento contratualmente estipulada, especialmente porque prevê pagamento de valores altos através do “fracionamento de vários depósitos”, bem como pagamento de R$ 350 mil em espécie. Mais adiante, a PF apurou que apesar de o contrato estar datado do dia 03 de setembro, Nicolas já havia comprado o referido Posto. Explica-se: é que no dia 23 de agosto de 2020, Nicolas encaminhou para Manoel o contato telefônico pertencente a “Luiz Paragominas Posto” que, em verdade, trata-se de José Luis Pedrini Moro.


Em seguida, Nicolas solicita que Manoel entre em contato com Gilberto, a fim de que este transfira R$ 1 milhão de reais para Luis, relativo à compra do posto. Como Gilberto, à época, era o administrador financeiro do IPG, a PF acredita que o dinheiro sairia da conta da Organização Social. Apesar do posto ter sido vendido, no papel, por R$ 2 milhões, o real valor negociado foi de R$ 6 milhões e meio. Na conversa a seguir, Nicolas comenta com Manoel os detalhes da compra do posto e também de uma carreta, que custou R$ 8 Milhões.

NICOLAS PARA MANOEL: Tu tem que entrar em contato com o tio Luiz, eu tô aqui com ele Paragominas. ele vai precisar de mais ou menos um milhão na conta essa semana. Passa para o Gilberto passar logo esse dinheiro para ele. eu vou passar o contato dele para tu ele já tá com teu contato. Combina com ele entrega no posto até o dia 10 desse mês que vem.  nós tem que vir aqui para fazer a transmissão do posto tá. Eu fechei a carreta com ele também. depois a gente ajeita o valor.  a carreta e o caminhãozinho ficou por 8 milhões. 

No dia 27 de agosto de 2020, por áudio de WhatsApp, Nicolas trata com Manoel sobre valores que, aparentemente, seriam desviados do IPG. No diálogo, Nicolas diz pra transferir R$ 600 mil para Luis.


NICOLAS: Qual o valor que a gente vai botar hoje?
MANOEL: Não, tu tem que dizer quanto é para botar. Não botei nada para o LUISdo posto, não. O Léo disse que ele tá tranquilo. Fazer 200, 250 para ele.
NICOLAS: 1 para mim, 1 para o Bosco. E 600 e pouco não era
sobrando?! Então joga pro LUIZ 600 e pouco.

Em 07 de setembro de 2020, após a assinatura do contrato, Nicolas pede para Manoel resolver com o advogado assuntos relacionados à compra do posto formula 1.


ÁUDIO DE NICOLAS PARA MANOEL: Pressiona o Walber, tá Manoel?! Para abrir a conta da nova empresa. Eu paguei foi R$ 17.000,00 e ajeitaram a Minotauro. Outra situação, resolve o Paragominas.

Dez dias depois, Nicolas pede a Manoel que consiga contas para “depósito pequeno” que o “cara do posto pediu”, referindo-se, provavelmente, a Luis. Em resposta, Manoel diz, através de áudio, que o “cara do posto” ligou e estava querendo R$ 1.350.000,00 até o dia 20 de setembro. Em seguida, encaminha para Nicolas as contas para transferência tal como consta no contrato de compra e venda do posto fórmula 1. Ato contínuo, Nicolas reencaminha as mensagens para Regis e solicita que este entre em contato com Cleudson, chamado por ele de “Doutor”, a fim de que se realize as transferências referentes ao pagamento do posto Fórmula 1. O posto também é mencionado em conversas celebradas entre Manoel e José Arnaldo, pai de Nicolas.

JOSE ARNALDO:  Manel, como é o nome do posto lá de Paragominas,. Que eu esqueci.
MANOEL: É o posto Fórmula 1.
JOSE ARNALDO:  Bom dia. Eu passei o número do Fernando, rapaz que vai abrir o posto em parceria com a gente, entendeu? Ele vai te ligar segunda-feira ele já vai pra lá pra começar a reformar, pra nós ajeitar as coisa lá,?


CONTINUA NESTA SEXTA-FEIRA, 27.


1,129 visualizações0 comentário